Rede de Custódias de Sementes

A gente que formamos a Rede Galega de Sementes levamos tempo cavilando num sistema que nos permita assegurar a pervivência das sementes tradicionais, neste momento em que a indústria das sementes ameaça com apropriar-se do imenso legado biológico que herdamos.

Sabemos que muitas outras pessoas e grupos estám sensibilizados com este tema, e que há várias ideias para promover a criaçom de circuítos de semente tradicional de qualidade garantida.

Num encontro celebrado em Novembro em Tominho, definimos entre umhas poucas pessoas interessadas neste tema, procedentes da Galiza e o norte de Portugal, as linhas básicas para fazer realidade umha Rede de Custódias. Anexamos neste correio o documento resultante, que pormenoriza o funcionamento e objetivos da rede, assim como os critérios técnicos de obtençom de sementes.

Decidimos abrir a Rede a todas as pessoas que cumpram os requerimentos (veja-se o documento) para se tornarem Custódias, por isso che enviamos este convite. Se queres unir-te à rede, por favor lê o documento para te informares do funcionamento, e envia-nos um correio para dar-te de alta a edgarmartinezsierra@hotmail.es. Nesse correio, por favor envia-nos cuberta a ficha com as variedades que vás custodiar, para assim irmos confeccionando o catálogo de variedades custodiadas pola Rede.

Se conheces mais pessoas interessadas em preservar e aceder a sementes autóctones, ecológicas e de qualidade, por favor encaminha-lhe este convite.

Temos de prazo até o 1 de março para receber as altas e as fichas.

Um abraço!

Resumo do projeto de Rede de Custódias.

-OBJETIVOS

Queremos criar umha rede nom comercial de labregos e labregas que se baseie no apoio mútuo e a colaboraçom, com os seguintes objetivos:

1. Contribuir à preservaçom das variedades locais tradicionais de espécies vegetais alimentares (hortícolas, cereais, frutais…).

aspectostecnicos(corrixido)Ficha custodias textocustodias2. Facilitar o acesso a essas variedades, de qualidade garantida, por parte de membros da rede.

3. Adicionalmente, divulgar essas variedades nom-industriais fora da rede.

-ORGANIZAÇOM

A Rede de Custódias nom necessitará estrutura organizativa, reunions, quotas, etc. Consiste numha listagem de labregas que aderem voluntariamente à Rede.

A adesom à Rede supom:

-A responsabilidade de conservar, anó após ano, ao menos umha variedade local tradicional, e de disponibilizar para a Rede umha parte da produçom anual de sementes. A produçom de semente tem que ser escrupulosa (sem possibilidade de hibridaçons) e plenamente ecológica.

-O direito a aceder gratuitamente ao conjunto de sementes que o resto das Custódias disponibilizam.

-ACESSO ÀS SEMENTES

Há dous meios para distribuir as sementes da Rede:

1. Faz-se um encontro anual, onde os membros levam a semente que disponibilizam para a Rede e se distribui gratuitamente. O encontro serve também para formaçom (cursinhos, intercámbio de experiências, técnicas, etc.).

Como é de esperar que umha parte importante das Custódias nom poda assistir a esse encontro, a listagem de Custódias está à disposiçom de cada membro da Rede, que pode contactar (por correio ou por telefone) com qualquer outro membro, para pedir-lhe as sementes que precisse, até fim de existências. A maneira e os custos do envio acordam-se em cada caso (dependendo da distáncia entre os membros, por exemplo).

2. Cada ano faz-se um reparto: durante o mês de janeiro, por exemplo, cada membro da Rede tem que fazer a declaraçom da quantidade de semente que disponibiliza, e fazer a petiçom de sementes de outros membros. Finalizado o mês, divide-se a reserva de semente entre as petiçons, polo que ninguém ficaria sem semente. Cada Custódia encarregaria-se de enviar por correio as sementes aos seus destinatários.

-DIVULGAÇOM, FORMAÇOM, IRMANDADE

Ainda que o objetivo da Rede de Custódios é mui prático, também se pode pensar em atividades paralelas de promoçom das sementes tradicionais entre os labregos nom membros.

1. Página web da Rede de Custódias, com materiais que expliquem a importáncia de conservar as variedades locais, com estudos críticos da indústria de sementes, etc.

2. Encontro anual de Custódias, onde nos juntemos para compartir sementes, falar com vagar sobre as suas qualidades, apreendermos uns dos outros…

3. Reparto de excedentes. No caso de sobrar semente depois do reparto entre membros, poderíamos oferecê-las publicamente (o receptor pagaria os custos de envio, e poderia fazer umha doaçom à Rede). Ainda que nom é o objetivo principal da Rede, isto também contribuiria à preservaçom das variedades tradicionais, abrindo a opçom às labregas a aceder a sementes de qualidade que nom sejam industriais.

QUE É UMHA CUSTÓDIA DE SEMENTES?

Un guardián de sementes é toda persoa que decide preservar e espallar unha ou varias sementes de variedades tradicionais.

CAL É O OBXETICO DE SER CUSTÓDIA DE SEMENTES?

O obxetivo de crear unha rede de guardiáns de sementes que asegure a pervivencia e uso das sementes tradicionais e que estes poidan estar ao servizo das persoas e as comunidades dun xeito libre e altruista, de xeito que se preserve a sobrearinia e cultura popular asociada o uso de sementes.

QUEN PODE SER CUSTÓDIA DE SEMENTES?

Gardian de sementes pode ser toda persoa que teña e cultive unha ou varias sementes de xeito continuo desde, polo menos, cinco anos ( un guardian ten que ser un coñecedor da semente que quere protexer).

Cada persoa pode ser guardián de unha única semente, ou guardián de varias. Mentras que cada semente pode ter varios guardiáns.

QUE COMPROMISO ADQUIRE A CUSTÓDIA?

O guardián convirtese na persoa encarregada de presentar e espallar cada unha das sementes de variedades tradicionais.

O guardián, ademais de conservar a semente para que non se perda, porá a disposición de quen o necesite sementes da variedade conservada, dentro das suas posibilidades. Colaborando a difundir e manter vivas as múltiples variedades tradicionais.

Deixar unha resposta

introduce os teu datos ou preme nunha das iconas:

Logotipo de WordPress.com

Estás a comentar desde a túa conta de WordPress.com. Sair / Cambiar )

Twitter picture

Estás a comentar desde a túa conta de Twitter. Sair / Cambiar )

Facebook photo

Estás a comentar desde a túa conta de Facebook. Sair / Cambiar )

Google+ photo

Estás a comentar desde a túa conta de Google+. Sair / Cambiar )

Conectando a %s

%d bloggers like this: